Campanha «Direito a Viver sem Mutilação Genital Feminina»

«Direito a Viver sem Mutilação Genital Feminina» - Nova Campanha

«Direito a Viver sem Mutilação Genital Feminina» é o mote da campanha lançada, em 20 de julho de 2016, no aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. Esta iniciativa, que decorreu até setembro nos aeroportos nacionais, teve como objetivo prestar informação sobre as consequências e os riscos da Mutilação Genital Feminina (MGF).

A campanha resultou de uma iniciativa conjunta do Governo, em parceria com várias entidades públicas e privadas, designadamente com a Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG), tendo como enquadramento o III Programa de Ação para Prevenção e Eliminação da Mutilação Genital Feminina 2014-2017, coordenado pela CIG.

No lançamento da campanha, estiveram presentes o Ministro Adjunto, Eduardo Cabrita, a Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Catarina Marcelino e a Presidente da CIG, Fátima Duarte.

 

Cartaz:

downloadiconDescarregar Cartaz

Folheto:

downloadiconDescarregar Folheto (Frente)

downloadiconDescarregar Folheto (Costas)

Banner (sítio web):

downloadiconDescarregar Banner

Capa – Facebook:

downloadiconDescarregar Capa

Lançamento da campanha – Flash mob:

downloadiconDescarregar Vídeo