Publicações CIG

A atividade editorial desenvolvida pela Comissão, desde os seus primórdios, corresponde a uma das principais estratégias institucionais de divulgação e promoção das questões relativas à igualdade entre mulheres e homens.
As publicações e outros materiais informativos editados pela CIG são disponibilizados gratuitamente mediante envio de e-mail para cid@cig.gov.pt. Neste pedido, deve indicar o seu nome, contacto (morada e telefone), título e número de exemplares das publicações pretendidas e fim a que se destinam.

A produção editorial da Comissão baseia-se numa estrutura organizada em coleções (séries), com linhas gráficas, formatos e dimensões distintivas, que vão ao encontro de abordagens ou públicos-alvo específicos e que são, elas mesmas, reflexo da evolução da CCF/CIDM/CIG e, consequentemente, do desenvolvimento da própria sociedade:

Coleção “Cadernos Condição Feminina
Coleção “Cadernos Condição Feminina”O primeiro número desta coleção – Discriminação contra a Mulher no Direito de Família – foi publicado em 1976. Na “Nota prévia” inserida nesta publicação refere que “Sem quaisquer pretensões, estes cadernos, feitos na base de relatórios, estudos parcelares, inquéritos e sua avaliação ou quaisquer outros documentos de trabalho, pretendem, ao mesmo tempo que constituem um meio de divulgação dos temas tratados, ser um instrumento capaz de alertar para alguns problemas inerentes à condição feminina e contribuir para uma nova visão da situação da mulher na nossa sociedade”.

Coleção “Planeamento Familiar
Coleção “Planeamento Familiar”Dando corpo a uma das principais preocupações e linhas de intervenção da Comissão nos seus primeiros tempos, esta coleção (como o nome sugere) centra-se na necessidade de informar a população (e as mulheres em particular) sobre a temática do planeamento familiar. O primeiro número desta coleção, sob a forma de texto policopiado, intitula-se Ser responsável pelo nascimento dos nossos filhos e data de 1976.
.

Coleção “Mudar as Atitudes
Coleção “Mudar as Atitudes”Nascida em 1979, esta coleção resulta de um projeto com o mesmo nome e tem como objetivo fundamental fornecer material para ser explorado em ações de sensibilização. A minha profissão é o título do primeiro número desta coleção.
.
.
.
.

Coleção “Informar as Mulheres
Coleção “Informar as Mulheres”Tal como o nome indica, é uma coleção vocacionada para a divulgação em grande escala de informações que ajudam à resolução de situações específicas, sistematizadas por áreas e que se destinam a todas/todos que procuram os serviços da Comissão. O seu primeiro número – O casamento – foi editado em 1979.
.
.

Coleção “ONG’s
Coleção constituída a partir da publicação de estudos inéditos distinguidos com o “Prémio Investigação”, promovido pelas Organizações Não Governamentais do Conselho Consultivo da Comissão da Condição Feminina e instituído em 1990. A atribuição deste prémio destinava-se a estimular a investigação, visando a melhoria da situação e do estatuto das mulheres em Portugal. A coleção teve início em 1990, com a publicação do nº 1 com o título História da vida de uma operária da indústria corticeira e cessou em 2002.

Coleção “Ditos e Escritos
Coleção “Ditos e Escritos”Esta coleção inicia o seu percurso em 1991, com a publicação de Mulheres Portuguesas – vidas e obras celebradas, vidas e obras ignoradas, surgindo como resposta à necessidade de divulgar entre público selecionado os trabalhos realizados por técnicas/os da Comissão, que se revelassem de interesse para o evoluir do estatuto das mulheres em Portuga, nomeadamente comunicações, conferências, coletâneas de artigos publicados em periódicos, pareceres e outros documentos.

Coleção “Agenda Global
Coleção “Agenda Global”Nascida em 1995, esta coleção visa a divulgação de documentos internacionais considerados relevantes para os objetivos da Comissão. Sob o título Agenda Global, no primeiro número da Coleção “Agenda Global” foram compilados os textos relativos à Conferência Mundial Sobre Ambiente e Desenvolvimento (Rio de Janeiro, 1992), à Conferência Mundial Sobre os Direitos Humanos (Viena, 1993) e à Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento (Cairo, 1994).
.

Coleção “Bem-Me-Quer
Coleção “Bem-Me-Quer”Criada em 1995, no contexto de um projeto com o mesmo nome, esta coleção destina-se a publicar estudos, materiais de sensibilização/informação e materiais pedagógicos que visem apoiar a (re)inserção profissional das mulheres, a melhoria do seu estatuto profissional e a construção das suas carreiras A Igualdade de Oportunidades nas Empresas – Gerir para a Competitividade. Gerir para o Futuro foi o título do número um desta coleção.
.

Coleção “Cadernos Coeducação
Coleção “Cadernos Coeducação”Nascida em 1999 no âmbito de um projeto transnacional com o mesmo nome, esta coleção procura dar resposta à necessidade de criação de instrumentos de sensibilização dirigidos a formadores/as, docentes e responsáveis pelas políticas educativas, contribuindo desse modo para que o sistema educativo seja re-equacionado a partir do género e possa efetivamente, situar-se na ótica do desenvolvimento de uma sociedade mais igualitária. O primeiro número da Coleção “Coedução” intitulou-se Coeducação e Igualdade de Oportunidades.

Coleção “Fio de Ariana
Coleção “Fio de Ariana”Esta coleção tem como finalidade contribuir para a aproximação entre a investigação científica e a prática educativa, através da divulgação da investigação realizada no âmbito dos estudos de género e dos estudos sobre as mulheres. Ao dar visibilidade à participação das mulheres em todas as esferas da atividade humana, pretende-se evidenciar o facto de que mulheres e homens constituem e sempre constituíram, elementos indissociáveis de um mesmo sujeito social, múltiplo e atuante. O primeiro número desta coleção, dedicado à figura de Maria Veleda, foi publicado em 2004.

Coleção “Estudos de Género
Coleção “Estudos de Género”Em 2005, com a edição de O Funcionamento dos Partidos e a Participação das Mulheres na Vida Política e Partidária em Portugal, a Comissão lançou uma nova coleção direcionada para a publicação dos estudos científicos que promovia, numa atualização da Coleção “Cadernos da Condição Feminina”, cujo objetivo era (e continua a ser) a promoção e dinamização dos estudos sobre as Mulheres.
.
.

Coleção “Trilhos da Igualdade
Coleção “Trilhos da Igualdade”Criada em 2008, esta coleção pretende pôr em relevo a importância da informação e da formação nos processos que visam promover a Cidadania e a Igualdade de Género. O seu primeiro número tem como título Manual para a Integração da Dimensão da Igualdade de Género nas Políticas de Inclusão Social e Proteção Social.
.
.

Coleção “Violência de Género
Coleção “Violência de Género”Em 2009, com o objetivo de sustentar a intervenção de técnicas/os que trabalham na área da violência doméstica nas suas múltiplas vertentes foi criada a Coleção “Violência de Género”. Violência Doméstica: encaminhamento para a casa de abrigo é o título do número que abre esta coleção.
.
.
.

Notícias
“Notícias”O Boletim (antecessor da revista Notícias) foi editado pela primeira vez em janeiro de 1975 e pretendia informar as mulheres e os grupos interessados nos seus problemas sobre as atividades da Comissão, para além de divulgar documentos ou factos que, direta ou indiretamente, se prendiam com a condição das mulheres. Em 1985, transformou-se numa publicação periódica de carácter mais informativo – a revista Notícias.
.

Igualdade de género em Portugal
“Igualdade de género em Portugal”A publicação “Portugal Situação das Mulheres” iniciou a sua caminhada como periódico da Comissão em 1980, contendo informações sobre aspetos diversos da “condição feminina” portuguesa recorrendo a informação, nomeadamente de carácter estatístico, sobre saúde, emprego, trabalho, educação, planeamento familiar, maternidade, violência e ainda mecanismos para a igualdade a nível internacional. A partir de 2003, a continuidade desta publicação seria assegurada pela edição regular de A Igualdade de Género em Portugal.

A CIG publica ainda inúmeras monografias Fora de Coleção.

Última atualização em 14 de abril de 2016